Mercado de pneus tem queda no primeiro trimestre de 2024

No primeiro trimestre deste ano, o mercado de pneus registrou 12,2 milhões de unidades vendidas, uma redução de 12,6% em comparação ao mesmo período do ano anterior, que teve 13,9 milhões comercializadas.

De acordo com a Anip (Associação Nacional da Indústria de Pneumáticos), que representa os fabricantes de pneus, 2,83 milhões de unidades foram destinadas às montadoras, marcando uma diminuição de 16,3% em relação ao ano passado, que contabilizou 3,38 milhões.

Já o setor de reposição absorveu 9,40 milhões de unidades, 11,4% a menos que os 10,6 milhões do período comparativo.

Foto: Pexels

Vendas por segmento também apresentaram queda

As vendas de pneus de passeio também apresentaram queda no início deste ano, sendo esta de 13,2%, totalizando 6,36 milhões de unidades entregues, em comparação com as 7,33 milhões registradas no ano anterior.

Já as entregas de pneus de carga permaneceram estáveis, com 1,65 milhão de unidades, representando um leve aumento de 0,8%.

Com relação ao mercado de pneus de motos, que a Anip registra apenas para reposição, a retração foi de 5%, totalizando 2,37 milhões de unidades.

Produção nacional teve queda mais acentuada em março

Agravando a situação, em março de 2024, a produção nacional do mercado de pneus alcançou 4,08 milhões de unidades, representando uma queda de 3,8% em relação a fevereiro, que teve 4,18 milhões de unidades, e uma redução ainda mais significativa de 20,5% se comparado a março de 2023, cujo registro foi de 5,06 milhões de unidades.

O consumo por parte das montadoras e do varejo também apresentou uma queda considerável em relação ao ano anterior.

As montadoras adquiriram 847,7 mil unidades no último mês, uma redução de 34%, enquanto o varejo comprou 3,17 milhões de unidades, 15,9% a menos em relação ao ano passado.

Na contramão, importações crescem em 2024

Em contraste com o desempenho das vendas de pneus nacionais, as importações tiveram um crescimento significativo nos três primeiros meses do ano, aumentando 33,4% e totalizando 13,8 milhões de unidades, em comparação com as 10,3 milhões vendidas no mesmo período do ano anterior.

Por outro lado, as exportações apresentaram uma queda de 10,7%, totalizando 2,75 milhões de unidades, em comparação com as 3,07 milhões embarcadas no ano anterior.

Com informações do portal Auto Indústria.

 

Para mais informações sobre o comportamento anual do mercado de pneus, continue ligado aqui no blog da Rubberline!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *