Indústria de artefatos de borracha espera crescer 3% neste ano

O ano de 2022 apresentou estabilidade na produção e no consumo de artefatos de borracha no Brasil.

Todavia, o setor enfrenta aumento no preço dos insumos provocados pela crise no setor da borracha natural, responsável por elevar os preços desta matéria-prima, além de valoresmaiores derivados do petróleo e do negro de fumo.

Soma-se a isso, a carência de mão-de-obra qualificada para atuar no setor, a variação do dólar e a diminuição de fornecedores, já que muitas empresas fecharam durante a pandemia. Mesmo assim, a previsão é de crescimento real de 3% em 2023.

Indústria de artefatos de borracha espera crescer 3% neste ano

Imagem: Getty Images

Os desafios estão sendo enfrentados

Os valores do custo de produção mais alto foram repassados aos clientes, mas ainda menores do que seriam necessários para reduzir perdas financeiras para as indústrias do setor.

Fortunato do Carmo, presidente do Sindicato das Indústrias de Artefatos e Beneficiamento de Borracha e Elastômeros no Estado de Minas Gerais (SinborMinas), conta que as indústrias estão apostando na busca por diferentes fornecedores e no aumento da eficiência na produção para mitigar este momento de lucros menores.

Com relação ao cenário político de instabilidade, que dificulta uma estimativa para precisa para o setor neste ano, ele acredita que após fevereiro será possível uma melhor avaliação com uma previsão mais próxima da realidade, seja ela positiva ou negativa.

Indústria automobilística e de mineração também interferem

De maneira geral, a indústria automobilística e de mineração são grandes consumidoras de artefatos de borracha.

Porém, a primeira está em uma fase de oferta menor de matéria-prima, consequentemente demandando menos artefatos e a mineração segue em alta demanda, mas ainda sofrendo consequências do rompimento da barragem da Vale, em Brumadinho.

Juntos, estes fatores também contribuíram para determinar o crescimento de 3% projetado neste momento.

Com informações Diário do Comércio.

 

Quer continuar atualizado com informações relevantes do setor de borracha natural? Basta ler o blog da Rubberline e ficar por dentro de nossas notícias!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *