Quanto tempo uma borracha leva para se decompor?

Você sabia? O tempo de decomposição da borracha é de, em média, 600 anos. Por isso, devemos pensar nos meios de descarte do material na natureza e otimizar as etapas do processo.

Isso porque, o tempo de decomposição é longo e um descarte de maneira inapropriada pode causar sérios danos ao meio ambiente e impactar na nossa saúde.

Contudo, a duração da decomposição da borracha pode ser reduzida de acordo com algumas boas práticas na cadeia de produção da indústria. Assim, evita-se qualquer tipo de contaminação, além de contribuir para um melhor rendimento no seu descarte.

Saiba mais sobre o tempo de decomposição e suas etapas a seguir!

Quanto tempo uma borracha leva para se decompor?

Piso feito a partir de borracha reciclada. Imagem: Getty Images

Tempo de decomposição da borracha e suas características

O tempo de decomposição da borracha ainda é considerado indeterminado. Alguns  especialistas estimam em 600 anos para a sua total degradação, mas pode variar de acordo com cada material.

Por isso, como destacado acima, se não for descartada de forma correta, poderá causar inúmeros danos ao meio ambiente e aos seres humanos.

Portanto, é importante incentivarmos a reciclagem para motivar pessoas a transformar materiais e produtos já utilizados para exercerem uma nova função, aumentando seu tempo de vida e entrando novamente na cadeia de consumo, diminuindo a necessidade de extração.

Confira alguns exemplos caso siga com o descarte incorreto, devido ao longo tempo de decomposição e contaminação de ambientes ocasionadas por este material:

  • pneus de borracha: quando são armazenados de forma incorreta, tomam muito espaço e podem acumular água parada e trazer uma proliferação dos mosquitos da dengue, causando problemas à saúde,
  • borracha em geral: contém certos tipos de materiais na sua composição que podem exalar certas substâncias tóxicas e contaminar aquele ambiente, se for descartada de forma incorreta na natureza.

Etapas da decomposição

Uma das maneiras para entender o processo de decomposição da borracha é por meio da reciclagem de pneus de veículos. No Brasil, estima-se que a produção anual de pneus seja em torno de 40 milhões, com 160 milhões de unidades consideradas velhas no mesmo período.

Separamos três formas de reaproveitar sua totalidade:

  1. Construção de pisos para quadras poliesportivas;
  2. Combustível para indústrias, no segmento do aquecimento de caldeiras e cimento;
  3. Aplicação para a fabricação de solado de calçados e pisos industriais.

A produção de outros materiais em conjunto com a borracha traz impacto direto no tempo de decomposição. Para se ter uma ideia, 100 pneus derretidos podem se transformar em 75 quilos de aço, 125 litros de óleo e 150 quilos de carvão mineral.

O aço pode ser aproveitado em metalúrgicas, já o óleo e carvão se tornam combustível para as indústrias, comprovando sua utilidade para outras funções ao realizar sua decomposição correta.

Além de garantir uma economia, traz uma maior sustentabilidade diminuindo o impacto ambiental local, assim como a extração de recursos naturais. A borracha também pode ser aplicada na pavimentação urbana, considerada de melhor qualidade em comparação ao asfalto comum.

Para saber mais sobre os processos da borracha natural, continue nos acompanhando no blog!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *