Borracha sintética e borracha natural: quando usar?

A utilização da borracha sintética e borracha natural é algo bastante comum na indústria, sendo bem fácil encontrar produtos feitos de ambos os tipos.

Porém, cada borracha tem sua indicação de uso, além de suas próprias características. Neste artigo, serão explicadas as principais diferenças entre borracha sintética e borracha natural, além de suas utilizações mais comuns.

Borracha sintética e borracha natural são igualmente requisitadas na indústria, mas podem ser bastante diferentes.

Cubo de borracha sintética. Foto: Getty Images

Qual é a diferença entre elas?

A principal diferença entre borracha sintética e borracha natural é a proveniência. No caso da borracha natural, a sua produção se inicia com a extração do látex de uma árvore chamada seringueira.

Essa é uma árvore que pode ser encontrada de forma bem ampla na América do Sul, especialmente na região amazônica. Inclusive, a retirada do látex representa renda para muitos moradores daquela área do Brasil.

Por outro lado, a borracha sintética é aquela preparada em um laboratório. De forma geral, ela é produzida por meio de uma mistura de látex e de várias substâncias que vêm do petróleo.

Além disso, a borracha sintética pode receber diferentes aditivos, como plastificantes. Isso acontece durante uma etapa específica que é chamada de polimerização. Dentre os principais tipos, estão a borracha fluorada e a de silicone.

Quando se pensa em composição e mesmo em uso, existem outras diferenças importantes entre borracha sintética e borracha natural. A seguir, elas serão explicadas de forma mais detalhada:

  • Composição: Existe uma variedade grande de componentes químicos que podem ser adicionados à borracha sintética durante sua fabricação, dependendo de qual será seu uso. Já a borracha natural conta com polímeros de isopreno.
  • Disponibilidade: Como a borracha natural depende da extração de látex da seringueira, é claro que variações ambientais podem afetar a sua disponibilidade. Por outro lado, a borracha sintética pode ser conseguida em qualquer período do ano.
  • Resistência: Borracha sintética e borracha natural são bastante resistentes, sendo essa uma das suas propriedades físicas mais valorizadas. No entanto, a borracha sintética pode ter essa resistência intensificada por meio da adição de certas substâncias.
  • Aplicação: A borracha sintética é mais usada para amortecimento, além de ser importante para sistemas de vedação e para impermeabilização. Já a borracha natural costuma ser usada para fabricação de pneus e, notoriamente, na confecção de insumos hospitalares.

Vantagens de cada uma das borrachas

É possível apontar vantagens para borracha sintética e borracha natural, havendo grande procura por ambas na indústria.

No caso da borracha natural, destacam-se vantagens como a resistência a abrasivos, o bom custo-benefício e sua ótima elasticidade, além de possuir ótima aderência a superfícies que apresentam umidade.

Por outro lado, os benefícios associados à borracha sintética são: a grande resistência a óleo, a possibilidade de alterar as suas propriedades quimicamente, sua maior variedade e maior disponibilidade.

É normal ter dúvidas com relação à escolha entre borracha sintética e borracha natural e a Rubberline é a melhor opção para te ajudar. Ela é uma consultoria especializada em borracha, disponibilizando consultorias para empresas e treinamentos para funcionários.

Para se informar mais sobre borracha, conheça já a Rubberline!

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *